Connect with us

Notícias

Bolsonaro volta a ameaçar a Globo em coletiva e diz: “Não vou dar dinheiro para vocês”

Em coletiva, Bolsonaro se irrita com a presença da imprensa e dos repórteres da TV Globo e ameaça: “Não vou dar dinheiro para vocês”

Published

on

Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira, 29/04, o Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), voltou a atacar a imprensa, como de costume, e em especial, os repórteres da Globo, que estiveram presentes no local.

O político se enfureceu com as perguntas feitas pelos repórteres, cobrando seu posicionamento sobre a pandemia da Covid-19. Além disso, notou-se a mudança do comportamento do presidente ao ver os profissionais de imprensa da emissora carioca e disse: A Globo nem era para estar aqui. 

Ainda revoltado, Bolsonaro promete dificultar a renovação da concessão da TV Globo, chamando-a de lixo.

Essa imprensa lixo chamada Globo. Ou melhor, lixo dá para ser reciclado. Globo nem lixo é, que não pode ser reciclado

Não vou dar dinheiro para vocês. Globo, não tem dinheiro para vocês. Em 2022… Não é ameaça, não. Assim como faço para todo mundo, vai ter que estar direitinho a contabilidade, para que você [Globo] possa ter sua concessão renovada. Se não estiver tudo certo, não renovo a de vocês nem a de ninguém.

 

Ataques à Globo no ano passado

Foto: Reprodução

Não é a primeira vez que Bolsonaro ameaça em não renovar a concessão da Globo. No dia 30/10/19, numa quarta-feira, o Presidente se aborreceu quando a Globo levantou a hipótese de estar envolvido no assassinato da vereadora do PSOL, Marielle Franco. Em vídeo, o político, ainda exaltado, promete não persegui-los.

Porque TV Globo, porque revista Época, essa patifaria por parte de vocês? Essa coisa que não dá para definir. Deixa eu governar o Brasil, vocês perderam. Vocês vão renovar concessão em 2022, não vou persegui-los. Mas, o processo vai está limpo, e se não estiver limpo, legal, não terá renovação de vocês e de TV nenhuma […]“.

Vocês apostaram em me derrubar no primeiro ano, não conseguiram […]. E vocês TV Globo, o tempo todo inferniza a minha vida, porra!. Onde vocês querem chegar eu sei, vocês não tem vergonha na cara, essa patifaria vinte quatro horas por dia, contra a minha pessoa. Agora, Marielle Franco, querem empurrar para cima de mim. Se vocês tivessem, um mínimo de decência por saber que o processo corre em segredo de justiça, não poderiam divulgar

Por conta da repercussão, a Globo veio a público e manifestou todo seu repúdio à fala de Bolsonaro.

A Globo não fez patifaria e nem canalhice. Fez, como sempre, jornalismo com seriedade e responsabilidade. Revelou a existência do depoimento do porteiro e das afirmações que ele fez. Mas ressaltou, com ênfase e com apuração própria, que as informações do porteiro se chocavam com o fato: A presença do então deputado Jair Bolsonaro em Brasília, naquele dia, com dois registros na lista de presença em votações. O depoimento do porteiro, com ou sem contradição, é importante, porque diz respeito a um fato que ocorreu com um dos principais acusados, no dia do crime. Além disso, a mera citação do nome do presidente leva o Supremo Tribunal Federal analisar a situação.


A Globo lamenta que o presidente revele não conhecer a missão do jornalismo de qualidade e use termos injustos para insultar aqueles que não fazem outra coisa senão informar com precisão o público brasileiro. Sobre a afirmação de que, em 2022, não perseguirá a Globo, mas só renovará a sua concessão se o processo estiver, nas palavras dele, enxuto, a Globo afirma que não poderia esperar dele outra atitude. Há 54 anos, a emissora jamais deixou de cumprir suas obrigações.

Vale salientar, que, a renovação da concessão é capitaneado pelo Congresso Nacional e Ministério das Telecomunicações. Entretanto, o Presidente não tem nenhum poder sobre isso, ou tal assunto que não lhe cabe à fala. Aliás, só quem podem ajudar na renovação, são os parlamentares que são sócios das Afiliadas da Globo, como a família Sarney e o ex-presidente, Fernando Collor.

 

Continue lendo
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Leia Também!