Camilla de Lucas no BBB21

Camilla de Lucas

A influenciadora digital Camilla de Lucas tem 26 anos e nasceu em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Criadora de conteúdo há aproximadamente quatro anos, começou no YouTube com vídeos de beleza, dando dicas de cabelo e maquiagem. Chegou a cursar Contabilidade e trabalhou num escritório; garante que era boa de cálculo. Atualmente, além de mostrar a rotina nas redes sociais, seu conteúdo usa o humor como ferramenta para falar de situações corriqueiras, por isso, se intitula “blogueirinha real”. Durante a quarentena, seus vídeos ganharam uma visibilidade expressiva e, hoje, Camilla acumula um total de 7,5 milhões de fãs em suas contas. Em 2020, entrou para a lista da Revista Forbes como uma das jovens mais promissoras do Brasil na categoria “Web”. 
Camilla, que hoje praticamente mora com o namorado, diz estar bem segura de si. Afirma que aceitou encarar o BBB pela possibilidade de mudança de vida, tanto sua, quanto da família e dos amigos: “É mesmo para que a minha conta bancária cresça. Tem gente que fala que quer entrar para se conhecer, mas eu já me conheço. Eu me vejo todo dia desde 1994. O que eu quero é ficar milionária”, esclarece. Nega ser “barraqueira” e afirma que o senso de justiça sempre fala mais alto. Disposta a se expor e mostrar sua personalidade, garante, ainda, que vai aparecer bastante no jogo: “Sou assim. Gosto de estar em tudo”. 

João Luiz

O professor de Geografia João Luiz, de 24 anos, é mineiro da cidade de Santos Dumont e há um ano mora em Extrema, no sul de Minas, com o namorado, uma calopsita e duas chinchilas. Conta que tem uma ótima relação com seus alunos, o que lhe traz muito orgulho, e também com os pais, que sempre apoiaram suas decisões. Afirma ter boas habilidades manuais, tanto que, durante o mestrado, abriu uma loja virtual para vender cadernos e quadros pintados por ele e uma amiga.
João Luiz revela que sempre foi muito festeiro. Ama ouvir funk, dançar e costuma comemorar seus aniversários promovendo um dia inteiro de festa e gincana para os amigos e familiares. A exposição do BBB, para ele, não será um problema, já que adora ser visto. Também se considera bastante comunicativo. “Sou calmo, explosivo, animado, impaciente. Um pouco de tudo. Danço quando tem que dançar, choro quando tem que chorar…”, brinca. Ele pretende levar a inteligência emocional para dentro do confinamento e ficar atento ao game, mas sem perder a chance de se jogar. “No jogo vale tudo”, declara.