Lívia Andrade tem passe disputado pelos diretores do Fofocalizando

 

Foto: Reprodução/SBT

A veiculação da fake news das vendas do álcool gel na Igreja Universal do Reino de Deus, Lívia Andrade foi suspensa da apresentação do Fofocalizando. O criador do formato, Silvio Santos, ficou chateado sua funcionária que segue de quarentena.

Embora a igreja não tenha sido mencionada, o bispo Renato Cardoso exigiu uma retratação pública. Após o ocorrido, Lívia Andrade se manteve em silêncio, mas deu algumas alfinetadas nas redes sociais. Com o castigo aplicado, os diretores da atração têm ligado constantemente para Silvio Santos mudar de ideia.

Segundo informações obtidas com exclusividade pelo N1 Entretenimento, Lívia Andrade é um nome que agrada os anunciantes do programa vespertino. Sua ausência provocou uma oscilação negativa na audiência e alguns de seus fãs, têm deixado de acompanhar o Fofocalizando. Embora os diretores defendam o seu retorno, uma ala é contra. Dentre os discordantes, uma colega de trabalho encabeça essa ala.

A polêmica da notícia falsa apresentada pela loira, deixou as herdeiras de Silvio Santos chateadas, que defendem o cristianismo protestante. Até o momento, não houve manifestação de ambas as partes.