Há 13 anos, Beleza Pura estreava sendo a única novela solo de Andréa Maltarolli

Guilherme (Edson Celulari) e Joana (Regiane Alves) | Foto: TV Globo/Márcio de Souza

Há 13 anos, a Globo apostou todas as sua fichas em Beleza Pura e no grande talento de Andréa Maltarolli em sua primeira e última novela solo na faixa das sete horas. Após o grande fracasso Três Irmãs que provocou o rompimento de contrato do autor Antônio Calmon, a trama da criadora de Malhação ao lado de Emanuel Jacobina começou a ganhar esboço.

Durante a sua exibição, a história da dermatologista Joana e do engenheiro aeronáutico Guilherme oscilou positivamente na audiência e rendia entre 27 e 30 pontos na Grande São Paulo.

Além do romance dos protagonistas, os destaques ficaram por conta da vilã Norma Gusmão e da divertida Rakelli. A personagem de Isis Valverde arrancou risada dos telespectadores com o seu choro extravagante, já o papel de Carolina Ferraz ficou famosa pelo bordão “Eu sou rica” que segue como meme até hoje.

Antes de vir a falecer, Andréa Maltarolli preparava uma novela com a temática sobrenatural chamada de Búu. Anteriormente seria escrita por Maria Adelaide Amaral e foi transferido para Daniel Ortiz. O título anterior deixou de existir e a história passou a se chamar Alto Astral que foi exibida entre 3 de novembro de 2014 e 8 de maio de 2015

Beleza Pura é a primeira novela gravada em Niterói e teve no total de 179 capítulos. Recentemente, a trama foi cogitada para substituir Laços de Família no Vale a Pena Ver de Novo, porém, a Globo desmentiu a informação e escalou Ti Ti Ti após 10 anos de sua exibição original.

Enredo

A trama se passa em Niterói e conta a história da dermatologista Joana, moça batalhadora que foi abandonada recém-nascida pela mãe, Sônia, em um orfanato e teve que vencer na vida por conta própria, trabalhando na clínica de Renato, um cirurgião plástico que é apaixonado por ela. Já o bem sucedido engenheiro aeronáutico Guilherme tem a carreira destruída por Norma, colega de trabalho obcecada por ele, que decide sabotar secretamente seu mais recente projeto ao ter seus sentimentos desprezados. Durante o voo inaugural, o helicóptero de longo alcance ‘Carcará’ cai na Amazônia, matando o investidor do projeto Olavo, o médico Alex, a jornalista Márcia, o químico Mateus, além de Sônia, vizinha e amiga de Guilherme. Os destinos de Joana e Guilherme se cruzam quando ela descobre a verdadeira identidade da mãe e, em busca de conhecê-la, acaba batendo na porta de Guilherme, que transtornado e acreditando que foi seu erro, adotou os outros filhos dela – Klaus e Dominique – e tocou em frente sua clínica Beleza Pura.

Apaixonados, eles começam a viver uma bela relação, mas são separados pelas armações de Norma, fazendo com que os dois tornem-se rivais nos negócios, em uma cômica relação de amor e ódio. Joana torna-se sócia da ex-chacrete e cabeleireira Ivete na clínica estética Amor da Pele, principal rival da Beleza Pura. Ivete é mãe de Anderson e da bela Rakelli, moça ingênua e sem juízo que sonha em trabalhar na televisão e vive dando vexame por seu jeito atrapalhado. Ela namora o pedreiro Robson, que herda milhões do primo distante Olavo e fica rico da noite para o dia, atraindo o interesse de José Henrique, advogado trambiqueiro contratado para gerir a fortuna e que convence a namorada, a assanhada Sheila, a seduzir o rapaz para aplicar um golpe. A irmã da golpista, Suzy, tornou-se uma perua bem sucedida que não só tem vergonha da família suburbana, mas também da atração que sente por Raul, rapaz de origem humilde.

Paralelamente, há outras histórias, como o rebelde Klaus, que vive entre os romances com as ex-amigas Fernanda e Luísa, tendo que enfrentar a concorrência com Felipe. A desempregada Helena, viúva de Mateus, decide vestir-se como o falecido e usar seus documentos para conseguir um bom emprego para custear o tratamento do filho doente, indo trabalhar na clínica de Renato. Os dois acabam se sentido atraídos, causando nele uma grande confusão de sentimentos, ainda mais quando Mateus reaparece, surpreendendo a todos. Aos poucos, Olavo, Alex e Márcia também retornam e, juntos com Guilherme, começam a desvendar os enigmas da sabotagem, chegando até as armações de Norma. A última a retornar é Sônia, criando um grande embate entre ela e Joana, a filha abandonada que não consegue perdoar a mãe, tendo que provar seu amor.

Audiência

O primeiro capítulo de Beleza Pura, estreou com 32 pontos na Grande São Paulo segundo dados preliminares. Durante sua exibição, a telenovela manteve a média em 28 pontos, tendo picos novamente de 32 pontos em alguns capítulos. No capítulo de 27 de maio a trama chegou a atingir picos de 35 pontos. O último capitulo marcou 33 pontos com picos de 35.

 Sua média geral foi de 28 pontos. A média de audiência ficou em 28 pontos, dentro do esperado pela emissora, que havia sofrido uma queda de cerca de 10 pontos nas médias de audiência da passagem de Cobras & Lagartos para Pé na Jaca, sendo ainda quatro pontos acima da sucessora, Três Irmãs, que fecharia com apenas 24 pontos.[24] Em Porto Alegre teve média de 37,9 pontos.